ANÁLISE ERGONÔMICA DO TRABALHO

Análise Ergonômica do Trabalho (AET) é um documento que toda empresa que possui empregados deve realizar de acordo com a Norma Regulamentadora 17 de Ergonomia que diz no item 17.1.2: “Para avaliar a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, cabe ao empregador realizar a análise ergonômica do trabalho, devendo a mesma abordar, no mínimo, as condições de trabalho, conforme estabelecido nesta Norma Regulamentadora”. Este documento trata de uma profunda análise dos setores e das atividades desenvolvidas, que visa a identificação e prevenção de riscos de doença no trabalho, para apontar qual a real necessidade da empresa de possíveis melhorias. Ele é um guia que a empresa deve ter para cumprir com as normas de prevenção a saúde no trabalho.

Na elaboração da AET, é importante também atender além da NR 17, outras normas, como as ABNT ISO de ergonomia. Por exemplo: as normas que ditam sobre iluminação, mobiliário, carga, equipamentos, movimentos repetitivos, postura, entre outras.

 

Quais são suas etapas?

  • A AET basicamente é responsável por:
  • Analisar os riscos ergonômicos da empresa;
  • Pontuar o nível de risco existente;
  • Propor soluções de melhoria para baixar ou eliminar o risco.

 

Quais são seus benefícios?

  • Uma boa AET quando executada traz inúmeros benefícios para a empresa, tais como:
  • Redução do risco ergonômico que reduz o risco de doenças do trabalho;
  • Diminuição da taxa de absenteísmo;
  • Redução de queixas dos trabalhadores;
  • Trabalhadores que se sentem cuidados e protegidos, rendendo mais no trabalho;
  • Mais segurança na execução das tarefas com aumento da produtividade;
  • Diminuição das alíquotas do SAT e FAP;
  • Cumprimento das normas em ergonomia;
  • Prevenção de processos trabalhistas e defesa caso houver processos.

É muito importante ser realizada por um profissional capacitado e que vise a redução dos riscos sem reduzir a produtividade da empresa, pois a ergonomia seve ser uma aliada na saúde, segurança, conforto e produtividade.

 

Outro ponto importante é propor melhorias que não custem muito para a empresa. Existem inúmeras maneiras baratas de diminuir os riscos atuando com o sistema organizacional da empresa.

Portanto, a AET quando bem feita e bem executada é um investimento baixo que a empresa faz mas que dará um retorno muito alto, em pequeno, médio e a longo prazo.

Entre em contato com a gente para esclarecer suas dúvidas ou solicitar orçamentos.